5 DICAS DE COMO CUIDAR DA BARBA GRANDE

Com esta moda, as barbas ficam cada vez maiores e muitos homens têm dúvidas de como cuidar da barba grande. Os truques são parecidos com o da barba normal, mas é preciso tomar um pouco mais de atenção para que ela cresça sem problemas.

Como cuidar da barba grande com cinco dicas.

1 – Lavar a barba com sabonete neutro

Pode até parecer loucura uma das principais dicas ser “lave a barba”, mas acredite: muitos homens deixam apenas o shampoo do cabelo escorrer e acreditam que a barba já está limpinha. Erro bem feio.

Você precisa lavar a barba ao menos duas vezes por dia com sabonete neutro ou com o mesmo shampoo que usa na cabeça. Isso porque ela recebe muita sujeira durante o dia. E, se possível, sempre lave após as refeições. A barba limpa fica mais atraente e ainda ajuda a evitar as espinhas que podem surgir pela oleosidade na pele.

2 – Usar condicionar após o banho

Poucos homens faze isto, mas usar um condicionador na barba grande é uma ótima forma de cuidá-la. Após o banho, coloque um pouquinho de condicionador na mão e espalhe pela barba. Dependendo do comprimento, é importante penteá-la.

O condicionador ajuda os pelos a ficarem mais macios e no lugar. Ele evita que fique com aquela aparência de barba espetada, mas evite usar todos os dias para a barba não ficar muito oleosa. O ideal é passar a cada dois dias, mas isso vária de homem para homem.

3 – Óleos para barba

Assim como o condicionador, os óleos são ótimas escolhas para cuidar da barba grande. Na verdade, eles são melhores do que os condicionadores. Isso porque os óleos são produtos exclusivos para as barbas e, por isso, demonstram melhores resultados.

A mesma dica do condicionador vale aqui. Alguns óleos podem ser usados diariamente, outros não. Por isso, sempre teste na sua barba. Se perceber que ela está muito oleosa, diminua a frequência.

4 – Sabonetes e cremes esfoliantes

Poucos homens sabem, mas os sabonetes e cremes esfoliantes são boas opções para fazer sua barba crescer mais rápido e cheia. Os produtos esfoliantes removem camadas de pele morta e sujeiras da pele, deixando o espaço livre para os fios.

Mesmo com a barba grande, usar o sabonete esfoliante uma vez por semana é ótimo. Assim, você limpa a pele e permite que os fios cresçam mais fortes e bonitos.

5 – Apare de vez em quando

Se você quer uma barba grande e bonita, o segredo é deixá-la crescer loucamente, certo? Errado! Você já deve ter ouvido alguma vez na vida que é preciso aparar a ponta dos cabelos para que eles cresçam bem. A mesma coisa acontece com a barba.

É preciso sempre aparar as pontas, com uma tesoura ou aparelho de barbear, para que os fios possam crescer perder toda a elegância que uma barba grande merece.

 

by modajovemmasculina

O Que Vestir em um Casamento

traje_casamento_destaque2

Um consenso: casamentos pedem terno! Eu sei que muita gente tem o desejo de ousar ou mostrar que entende de moda, composições, coordenação de cores, proporções, etc, mas no final, tudo o que vai sobrar é você e seu terno, porque quanto mais sóbrio e formal o evento, menos opções são dadas aos convidados, afinal a pompa de um casamento pede uma certa organização.

Nos últimos tempos os protocolos tem mudado um pouco, alguns noivos (são poucos ainda) estão optando por cerimônias diurnas, na cidade, na praia ou no campo. Os dress codes também estão menos rígidos e hoje temos até anfitriões incentivando os convidados a ousarem em suas combinações, mas estes ainda se tratam de exceções, portanto, enquanto não surgem estas festas tão democráticas, o melhor que podemos fazer é respeitar os trajes exigidos e contribuir para que o evento seja inesquecível.

1 – Interpretando o convite

convite_casamento

Assim que o retângulo de cartolina, escrito com letras rebuscadas e ricamente ornado chega a suas mãos a primeira coisa a fazer é encontrar alguma indicação do traje exigido, como “passeiocompleto”, “black tie”, etc., entretanto não é raro que não haja nenhuma informação deste tipo, e, neste caso, dados como local, horário e época do ano em que a cerimônia será realizada tornam-se fundamentais para definir quais serão suas escolhas.

Se mesmo assim você se sente completamente perdido, não exite em ligar para os noivos e perguntar qual o dress code do evento, provavelmente a resposta se encaixará em um dos tipos listados abaixo, então fique atento…

2 – Tipos de traje para casamentos

2a – Black Tie – Formal

traje_casamento_black_tie_formal

O que é: trata-se de smoking preto, camisa branca, gravata borboleta preta, cummerbund preto (a faixa que vai na cintura) ou colete e sapato oxford preto.

Acessórios: Abotoaduras prateadas, relógio com pulseira de couro (de preferência) ou aço e lenço branco de seda no bolso do paletó.

Obs:  Este é o traje mais formal e solene possível, portanto não há muito o que incrementar aqui, se consta na especificação do convite, nem pense em inventar moda. Este tipo de roupa é exigida, na maioria das vezes, em eventos noturnos.

…….

2b – Black Tie Opcional

traje_casamento_black_tie_opcional

O que é: existem duas opções, o Black Tie formal, como descrito acima ou um terno convencional (também pode ter corte slim) com tudo muito sóbrio, ou seja, camisa branca, gravata preta lisa (seda é melhor), cinto de couro e aquele mesmo oxford preto de couro, tinindo de tão brilhante!

Acessórios: Abotoaduras discretas, relógio de pulseira de couro (de preferência) ou aço e lenço branco de seda no bolso do paletó. Se optar pelo terno, um prende dor de gravata pode ser usado para mantê-la no lugar.

Obs:  Se o dress code escolhido pelos anfitriões dá a opção do terno, provavelmente o noivo estará usando o smoking, afinal ele deve ser o centro das atenções da festa – depois da noiva, claro! Se você não se sente muito a vontade com o black tie, é hora de tirar aquele seu terno preto do guarda roupas, mas só use-o se ele estiver impecável, caso contrário, nosso conselho é comprar um novo. Aparecer em uma festa com um nível alto de formalidade com terno velho não dá.

…….

2c – Semi-Formal (Traje Social ou Passeio Completo)

traje_casamento_semiformal

O que é: terno escuro (preto, marinho ou grafite), camisa clara (lisa ou com listras finas), gravata lisa ou com um padrão discreto, cinto social em couro, sapato oxford. Há a opção de usar um colete montando na mesma cor que o paletó (de preferência) ou pouca coisa mais claro.

Acessórios: Relógio de pulseira de couro ou aço e lenço no bolso do paletó que neste caso pode ter alguma cor, mas o branco ainda é uma opção elegante.

Obs: Esta é a opção padrão para casamentos noturnos, se o convite não especifica qual é o tipo de traje, pode apostar no combo terno escuro + camisa clara + gravata. No caso do terno marinho é possível escolher entre um calçado marrom ou preto, o mesmo vale para o cinto, pois este combinará com o sapato. Esta é uma versão para ser usada durante a noite, se a festa for de dia, o terno pode ser mais claro, falaremos sobre isso mais abaixo…

…….

2d – Traje Esporte – Casual

traje_casamento_informal

O que é: blazer de lã fria, rami, linho, sarja ou algodão leve, as camisas podem ser mais despojadas, mas ainda sim elegantes, podendo ser trocadas por pólos discretas, a combinação aceita também jeans com lavagens sóbrias ou black jeans e calças cáqui, nos pés um tênis minimalista é permitido ou então um sapato como um oxford casual, mocassim ou monk strap (foto). A gravata pode ficar em casa, a não ser que você queira dar um toque a mais ao visual, aí vale até uma borboleta.

Acessórios: os relógios podem ganhar um colorido a mais, como os modelos da Swatch, por exemplo, e as pulseiras masculinas, se bem combinadas valorizam o look, assim como os cintos em couro simples. O lenço branco ainda tem vez no bolso do blazer, mas não há nada de errado em escolher uma estampa mais colorida para o acessório.

Obs: é o mais permissivo de todos os dress codes para casamento e o sonho de muita gente que não curte muito terno e gravata. Não chega a ser totalmente relax, mas é mais aberto a adaptações, o blazer por exemplo, pode virar um pea coat no inverno ou uma jaqueta de corte seco e sem muitos detalhes. Uma grande vantagem da roupa casual é que ela não sofre tanta influência do horário, muitas combinações funcionam tão bem de dia quando a noite.

…….

 

3 – Casamentos durante o dia

3a – Na cidade

traje_casamento_dia_formal

Se a cerimônia acontecerá antes das 16h, grande parte do evento ocorrerá em plena luz do dia, principalmente no verão, quando o sol se põe mais tarde. Para este tipo de evento, salvo raras exceções, o traje exigido será o semi-formal, mas como o dia pede tons mais suaves e alegres, invista em um terno em tom mais claro, como cinza, bege ou areia, por exemplo. Caso tenha um costume marinho em seu guarda roupa, pode usar sem medo, esse coringa vai bem a qualquer hora, já o preto deve ser evitado por ser muito sóbrio.

……

3b – E se for um casamento no campo?

traje_casamento_dia_campo

Tempo quente: agora temos algumas mudanças significativas no traje! Você pode optar por não usar gravata, já que o local é mais descolado, mas se for, as cores mais fortes estão liberadas. Nos dias de sol um chapéu pode ser um recurso de estilo interessante, escolha entre o Fedora e o Panamá, mas lembre-se de tirá-lo no momento da cerimônia em sinal de respeito. O terno pode ser em linho claro, um tecido bem adequado para ambientes abertos e dias de calor e para acompanhar é possível usar um sapato mais casual, mas não chega a ser motivo para um tênis. No bolso continua bacana o lenço em linho ou algodão bem fino.

Tempo frio: o terno de lã fria será seu melhor amigo, principalmente se combinado com um cardigã ou um cachecol, ambos discretos, entretanto não é aconselhável exagerar nas camadas, se o frio estiver intenso vista um casaco que possa ser tirado a qualquer momento e guardado na chapelaria.

…….

3c – E se for um casamento na praia?traje_casamento_dia_praia

A cada dia cresce o número de adeptos deste tipo de cerimônia, na maioria das vezes para aproveitar o belo cenário que a natureza proporciona, outros por serem apaixonados pelo mar, incluindo aí a galera que surfa. Neste caso o dress code fica bem mais aberto, porém ainda há algumas combinações que vão te deixar elegante, mesmo que sejam simples. O linho volta a fazer sucesso aqui, mas apenas em uma calça bem leve e fresca, fazendo par com uma camisa do mesmo tecido ou em algodão fino. Como encher o sapato de areia não está entre as atividades favoritas dos homens, vale calçar uma sandália de couro. Nos acessórios entram cintos de cordão ou lona em tons bem claros, chapéu Panamá para proteger a caixola e algumas pulseiras com inspiração náutica, combinando com um relógio no mesmo estilo.

…….

3d – Casamento no Civil

traje_casamento_civil

Não há um traje padrão para casamentos no civil, mas seja você convidado ou noivo, tente selecionar algumas peças mais alinhadas como camisas (lisas ou listradas), calças em alfaiataria ou um jeans comportado (sarja também vale), um blazer ou casaco bem cortado e, se quiser, uma bela gravata para arrematar. O calçado pode ser bem casual, mas eu daria preferência aos sapatos independentemente do estilo, pois eles sempre tem um ar mais respeitoso – e eu nem preciso dizer que você não deve passar perto de tênis esportivos, nem que o cartório esteja localizado dentro de uma academia.

…….

4 – Use com moderação

4a – Suspensórios

São bem estilosos e deixam o visual mais marcante, mas não devem ser misturado com coletes, lembre-se menos é mais e aqui você está exagerando um pouquinho.

4b – Colete

Podem ser usados sim, só que deixam o traje muito mais elegante e charmoso. O que isso tem demais? Bem, se o noivo estiver usando uma roupa muito simples pode ser que você vire o centro das atenções da festa e eu não preciso nem dizer que a noite é dele, com uma grande chance de que o anfitrião fique “aborrecido” com o seu excesso de pompa. A solução aqui é perguntar para seu amigo ou alguém próximo a ele qual será o traje usado no evento.

4c – Relógio de bolso

Outra peça que pode soar meio exagerada, atraindo mais olhares do que deveria. Provavelmente causará o mesmo problema citado anteriormente com o colete, melhor levar um relógio de pulso bacana, afinal você não é nenhum lord vitoriano.

4d – Cartola (!)

Você está maluco?

4e – Carteira 

Já que você está todo alinhadinho não estrague tudo colocando no bolso traseiro da calça aquele mini travesseiro que você chama de carteira. Separe apenas os documentos necessários para sair de casa, deixendo na gaveta sua carteirinha do clube e os cupons da Subway. Se o volume for pequeno dá para usar o bolso interno do paletó, senão, tente dividir o pacote nos bolsos ou use a bolsa de sua acompanhante.

4f – Óculos escuros

Só em casamento ao ar livre, com muito sol.

4g – Celulares e outros gadgets

O celular (devidamente colocado no vibracall) pode ficar no bolso que fizer menos volume, pois, infelizmente, não há como se livrar dele, já tablets e outros cacarecos tecnológicos tem que ser deixados em casa.

fonte: http://www.canalmasculino.com.br/o-que-vestir-em-um-casamento-um-guia-para-homens/

Gravata Borboleta

Talvez um dos acessórios mais antigos, a gravata sempre foi um símbolo de elegância. Acreditava-se que os romanos tinham sido os primeiros a utilizá-la, mas ela tem origem no Egito e na China, onde o imperador chinês Shih Huang Ti’s usava um cachecol com um nó em volta do pescoço como símbolo de status e de elite entre as tropas, de forma semelhante à gravata hoje conhecida.

Atribui-se a introdução da gravata aos soldados croatas a serviço da França durante a guerra dos trinta anos. Os pedaços de tecidos, atados ao pescoço dos soldados com distintivos laços, teriam causado enorme alvoroço em toda a sociedade parisiense. Tal acessório era usado como distintivo militar pelos croatas, sendo de tecido rústico para os soldados e de algodão ou seda para os superiores. O próprio rei Luis XIV ordenou que seu alfaiate particular criasse uma peça semelhante ao dos croatas e que a incorporasse aos trajes reais.

Com o tempo, as gravatas evoluíram para os dois modelos principais que temos hoje: a gravata tradicional e a borboleta.

A gravata borboleta, desde sua origem, nos remete a trajes para ocasiões formais, o famoso “Black Tie”. Porém, a gravata borboleta está vivendo um “renascimento”, onde ela passou a fazer parte dos looks casuais.

Uma regra é fundamental para usá-la: só use em camisas com gola, fechada até o último botão.

Guia prático para dar nó em gravatas borboleta:

Aproveitem e usem!

 

by: modaparahomens

5 dicas para escolher um relogio com seu estilo

relogios_estilo_rolex

A escolha e compra de um relógio é um momento de extrema importância, ainda que muita gente o trate com certa displicência, afinal, elegendo a peça certa você pode estar adquirindo umcompanheiro para toda vida, entretanto, mais do que escolher algo bonito e durável, o relógio também deve estar alinhado ao estilo de seu usuário. Veja algumas dicas de como encontrar um modelo que se encaixe ao seu estilo de vida:

1 – Conheça seu estilo

Quem anda o tempo todo de camiseta e jeans não deve comprar um cartier de 100.000 reais, por mais que tenha dinheiro para jogar pela janela. Simplesmente não tem nada a ver andar por aí vestindo roupas simples e usando um relógio cravejado de diamantes. Gastando muito ou pouco, existem  modelos adequados para qualquer estilo, mas, por exemplo, se você trabalha de terno a semana inteira e nos fins de semana gosta de um visual bem casual, considere comprar dois modelos, evitando a esquizofrenia fashion de usar um relógio da Diesel descolado com look completamente formal, dando a impressão que se vestiu as pressas e esqueceu de trocar o relógio.

relogios_estilo_gshock

2 – Leve em consideração seu tipo físico

Tipos franzinos com um relógio enorme parece que colocaram um timão de navio no pulso. Por mais que seja bonito o modelo escolhido, se ele não casa com seu tipo físico é melhor procurar por outro.

relogios_estilo_tag_heuer

3 – Não tente aparentar ser o que não é

Sempre aconselhamos a comprar algo com a melhor qualidade disponível dentro do que permite seu orçamento, mas muita gente tende a querer usar o relógio como símbolo de status, investindo uma quantia absurda de dinheiro nele. Quer um conselho? Não é desta maneira que se obtém respeito e admiração dos outros, compre um modelo condizente e deixe sua personalidade e estilo fazerem o resto.

relogios_estilo_gucci

4 – Design X Engenharia

É normal escolher o modelo pela aparência, mas é preciso levar em consideração a qualidade, fator que influencia o funcionamento e durabilidade da peça, garantindo seu uso por anos e valendo seu investimento. Um relógio de boa construção, máquina suíça e materiais de qualidade geralmente passa de pai para filho.

relogios_estilo_burberry2

5 – Conheça as complicações e use-as a seu favor

“Complicações” é o nome dado para funções como cronômetro, calendário perpétuo, calendário lunar, entre outros, algumas delas podem não ter serventia nunca, outras podem ser de grande ajuda para descomplicar sua vida, como por exemplo tabela de marés ou indicador de profundidade que podem ser úteis para quem pratica esportes aquáticos.

relogios_estilo_mostradores

Veja mais alguns modelos e o tipo de look adequado para usá-los:

relogios_estilo_burberry

relogios_estilo_gant

relogios_estilo_swatch

relogios_estilo_moderno

relogios_estilo_bolso

relogios_estilo_diesel

relogios_estilo_caveira

relogios_estilo_exotico

25 DICAS NÃO DITAS SOBRE TERNOS QUE TODO HOMEM DEVERIA SABER

1. A largura da gravata deve seguir a largura da lapela.

terno-1-mpm

2. Geralmente lapelas estreitas são mais modernas. Lapelas largas são old-school, tipoMad Men.

Portanto, seja coerente ao escolher seu look.

3. Lenço no bolso de lapela adiciona um nível extra de elegância, mas assegure-se de que ele não siga a mesma estampa ou tecido da gravata.

Antes de ser conservador, lembre-se de que o bolso de lapela é onde você tem a maior liberdade e se toque especial ao seu terno.

4. Ao comprar um terno de prateleira, a primeira coisa que se deve observar são as medidas dos ombros.

Tsc, tsc, John McCain. Ombreiras devem terminar na altura dos ombros. Estes são os mais difíceis para o alfaiate, por isso, certifique-se de que eles não ficam para fora ou para cima.

5. A diferença entre a lapela do seu blazer e gola de sua camisa pode significar um blazer mal ajustado.

Sim, é complicado.

6. Seu cinto deve ser fino e da mesma cor dos seus sapatos.

terno-6-mpm

7. Você deve saber a cor dos seus sapatos pela cor do seu terno usando este guia.

terno-7-mpm

8. Ternos com duas fendas são mais modernos e fashion.

Este look também é melhor para números maiores, e dá espaço suficiente para estar com as "mãos nos bolsos".

9. Para ser mais casual, opte por um blazer de um botão.

terno-9-mpm

10. Se você precisar de um traje de trabalho mais formal, opte por um blazer de dois botões.

terno-10-mpm

11. Este é o jeito certo de guardar suas calças sociais no cabide.

Aprenda neste vídeo aqui.

12. Você deve ser capaz de deslizar sua mão entre o seu peito e seu casaco abotoado de tal forma que seja confortável e com espaço para se movimentar.

terno-12-mpm

13. Sempre desabotoe seu blazer quando se sentar ou corra o risco de estragá-lo.

terno-13-mpm

14. O primeiro botão de dois, ou o segundo de três, deve estar na altura ou acima do umbigo.

terno-14-mpm

15. Sempre use o nó de gravata windsor, mas use o tamanho da sua cabeça para saber se deve usar o meio ou full windsor.

Cabeça grande = full windsor, cabeça pequena = half windsor.

16. Se você usar colete, sempre deixe o último botão desabotoado.

Mas você pode quebrar esta regra e continuar bonito.

17. Existem razões práticas para se usar colete além do estilo.

Se você vai estiver usando seu terno em um clima frio, o colete pode te aquecer. Ele também adiciona um toque formal ao seu terno.

18. Os punhos devem aparecer cerca de meia polegada.

Se quiser ser perfeito, alinhe o punho com a largura da gola que aparece na parte de trás do pescoço.

19. Assegure-se de que suas meias são compridas o suficiente para que suas pernas não apareçam quando você está sentado.

Ninguém precisa ver suas pernas peludas. Ou não.

20. Sua gravata deve ser mais escura que sua camisa.

terno-20-mpm

21. Seu blazer deve ser longo o suficiente para cobrir o zíper das calças e a bunda.

terno-21-mpm

22. Sua gravata deve estar na altura do cós das calças ou um pouco mais curto.

terno-22-mpm

23. Para um estilo mais moderno, a bainha das calças devem estar bem no início dos sapatos.

terno-23-mpm

24. Se você sua muito, use uma camiseta debaixo da camisa social.

terno-24-mpm

25. Para fechar, use a covinha.

Fica chique e estiloso. Saiba como fazer aqui.

 

 

Fonte: Buzzfeed

Cintos masculinos: apodere-se desse acessório e use-o a seu favor

Na próxima vez que você for às compras, olhe bem para a seção de cintos. Homens estilosos sempre passam por ali. E, às vezes, saem da loja com alguns acessórios que operaram verdadeiros milagres no look.

Investir em um cinto é super indicado especialmente por dois motivos: ele é uma peça muito versátil e, entre os acessórios, é, geralmente, o mais barato. Por isso, avalie se vale sempre levar duas camisetas para casas ou, uma vez que outra, uma camiseta e dois cintos, por exemplo. Além disso, ele tem uma vida útil bastante longa e irá acompanhá-lo por um bom e satisfatório tempo.

Você curtirá também:

Boinas: agarre a sua
Cortes de cabelo masculinos: a tendência para 2013 é a ousadia
Suspensório masculino: um acessório estiloso e democrático

Regatas estilosas: um guia com muitas possibilidades
Gravata borboleta: um ícone de estilo muito fácil de usar
Sapatos com sola coloridas: a cor que se encaixa no seu pé

É fácil encontrar cintos de todas as cores, de todos os materiais e de todas as espessuras. O difícil, eu sei, é comprar aquele que vai ser utilizável depois.

Primeiramente, tenha em mente que, apesar de ser um acessório pequeno, ele divide o seu corpo em dois. Então, você tem que ter bem claro qual é o seu estilo: formal ou casual. Saber isso é fundamental na hora de comprar e compô-lo com o seu look.

Se você for aquele tipo de cara que precisa usar um traje social, conforme as regras de estilo, seu cinto deve combinar com sapato, a fivela não pode ser grande (geralmente é prata) e ele deve estar encaixado no terceiro furo (sim, há regras desnecessárias até para isso). Nesses casos, os cintos mais utilizados são os de couro ou de materiais que o imitam. Opte pelos que imitam couro, eles são ecologicamente responsáveis e são tão duráveis e bonitos quanto os feitos de animais.

Agora, se você é adepto do street wear, aí a coisa é mais divertida. A regra é… foda-se a regra. Seja criativo e use o cinto para dar um up no seu visual.

Você pode, se for mais discreto, usar a peça para acompanhar a linhagem do seu look, fazendo o uso de tons parecidos. Se você for mais ousado, a dica é usá-lo com um “fator de quebra” da linearidade do look. Para isso, você não precisa apostar apenas na cor, invista em materiais diferentes também.

Como os tecidos evoluíram muito e suas calças não caem mais, o cinto passou a ter apenas função estética, então, deixe-o em evidência e pense bem no cumprimento da camisa, camiseta, blusa… que deve ser um pouco menor para não escondê-lo.

Agora, clica aí em baixo, na galeria e veja algumas dicas interessantes. No final dela há uma maneira bem interessante de nó que é possível fazer com o cinto e que é, ao mesmo tempo, discreta e fora do usual:

Blazer Masculino: Conheça os Tipos e Como Usar

Blazer Masculino - HQSC 1

O blazer é diferente de paletó, ele faz turnê solo, é vendido à parte e consequentemente sozinho, enquanto que o paletó faz o estilo boy band, acompanha calça, sendo sempre vendidos juntos.

Quanto mais o blazer for parecido com um paletó, com tecido de alfaiataria, mais formal deverá ser. Repare que se mais desestruturado, ajustado, confeccionado com algodão, veludo, certamente mais informal será.

As classificações se dão basicamente pelo número de botões! A começar pelo mais simples, 01 Botão:
Blazer Masculino 1 Botão - HQSC 1

É a opção que mais gosto pela versatilidade! Combina muito bem com um visual mais descontraído e casual, podendo ser usado com camisetas por baixo, se preferir.

Porém a depender do tecido, corte e alguns detalhes pode ser tão formal quanto os demais. As lapelas mais arredondas e o corte mais ajustado são uma boa pedida para um look despojado/chic.

02 Botões:
Blazer Masculino 2 Botões - HQSC 1

Sem dúvida, trata-se do mais usado atualmente! Geralmente é ideal para as ocasiões mais respeitáveis, sobrepondo camisas de linho, camisa jeans, mas ainda assim há espaço para camisetas.

Se for abotoá-lo, opte por abotoar apenas o primeiro botão e deixar o de baixo solto.

03 Botões:
Blazer Masculino 3 Botões - HQSC 1

O mais tradicional de todos! Se for usá-lo abotoe os dois primeiros botões, exceto o último (de baixo).

Mais de 03 Botões:
Blazer Masculino 6 Botões - HQSC 1

Apesar de não ser muito usado mundo a fora, os de 04 a 06 botões tendem a ser cruzados. Como todo bom blazer, tem o seu valor.

Enfim, seja qual for sua escolha, o fato é que por mais que existam dicas norteadoras, não há regras! Use o bom senso sempre e mande a ver!

Dicas sobre gravata

Um pouco mais sobre gravatas

Nenhum outro produto quanto as gravatas tem um poder altamente simbólico, que pode mudar o modo como as pessoas olham para você.
Muito mais que um acessório, a gravata é uma marca de estilo pessoal. Reflexo do arrojo ou sobriedade de cada um.
As gravatas clássicas e de cores únicas e escuras são as melhores para um primeiro encontro, pois lhe faz transparecer uma pessoa de confiança.
Quando se escolhe uma gravata, a moda e a tendência são bem menos importantes do que seu gosto pessoal, assim, escolha as gravatas com as quais se sentirá mais à vontade e que melhor exprimem a sua personalidade.

Para cuidar bem de suas gravatas e aumentar sua durabilidade, guarde-as lisas, sem o nó.

Existem manchas que podem comprometer a gravata definitivamente. Manchas de gordura, cremes e molhos levam a gravata diretamente para o lixo. Tome muito cuidado!

Jamais alargue o nó da gravata, a não ser para retirá-la por completo.

Se for necessário passar suas gravatas, regule o ferro elétrico de acordo com o tecido de cada gravata. Coloque um papel ou cartolina por dentro da gravata para que ela fique bem esticada e as costuras não fiquem marcadas. Estique a gravata sobre a tábua de passar roupas e passe o ferro num único sentido.

O cinto de segurança do automóvel deve sempre ser colocado por baixo da gravata.

Prendedores são elegantes, mas use-os no ponto correto: 20 cm acima da ponta da gravata, prendendo-a à camisa. E evite usá-los em ocasiões formais.

Em geral, a sensação de aperto no pescoço quando se usa gravata não é causada pelo nó da gravata, mas sim pelo colarinho mais apertado do que devia. Para evitar esse desconforto, escolha bem as suas camisas! Quem usa colarinho número 5 normalmente consegue abotoar os colarinhos número 4, mas aí passa o evento inteiro sofrendo.

Coloque a gravata somente depois de já ter vestido e ajustado todas as demais peças, incluindo as que são essenciais para a própria colocação da gravata.

Quando você estiver de pé e relaxado (na postura em que você caminha), a ponta da gravata deve tocar, ou no máximo cobrir, a fivela do seu cinto. Abaixo ou acima disso você vai chamar a atenção de forma negativa.

Você pode usar uma gravata “diferente” se quiser ousar e se diferenciar, ela não precisa combinar com as cores da roupa. Mas se estiver em dúvida, combine a cor da gravata primeiramente com a do terno, e faça contraste com a cor da camisa.

As gravatas mais formais são as lisas, sem estampa ou padrão, e escuras. As de melhor qualidade são 100% seda. Para não errar, você pode usar sem medo, também, as de listras coloridas (geralmente diagonais), e as de padrões repetidos (bolinhas, texturas), mas neste caso, quanto menor o detalhe do padrão, melhor.

Gravatas com desenhos de personagens não combinam com nada e não devem ser usadas no dia a dia. Use modelos estampados, texturizados, lisos, com listras diagonais ou com padrões geométricos discretos.

As cores fortes (rosa choque, verde-limão, etc) também são muito difíceis de combinar. Elas podem compor a estampa da gravata com cores neutras, como azul marinho, por exemplo. Essas mesmas cores em tons mais discretos (próximos aos tons pastéis) são boas opções sobre camisas brancas.
As cores fortes são interessantes em estilo mais moderno: rosa claro, lilás ou amarelo claro, por exemplo.

As gravatas mais largas ou mais estreitas, são mais uma questão de tendência: em algumas estações a moda é usar gravatas mais largas e em outras as mais estreitas.
O nó deve acompanhar a largura da gravata para ficar proporcional. Quanto mais larga a gravata, maior o nó.

Para casamentos, o ideal é ir com gravata. Mas os mais jovens podem deixar o acessório em casa contanto que caprichem no restante do traje. Pode abrir mão da gravata, não do terno.

Um homem de estilo mais arrojado pode usar gravata com calça jeans, mas com algumas condições:
Com camisa e sapato sociais e calça impecável, sem detalhes ou rasgos e sempre uma lavagem mais discreta.
Deve usar blazer mais acinturado para compor um look mais moderno.
Não dá pra tirar o blazer, ele é que dá o charme do visual. Só de calça e camisa a gravata fica deselegante.
Essa combinação é ideal para jantares com amigos, reunião casual ou eventos em que o terno não é imprescindível.

Para não errar: 
Camisas lisas podem ser usadas com gravatas lisas ou estampadas.
Camisas estampadas (listras, xadrez), até podem ser usadas com gravatas estampadas (para um estilo mais arrojado), mas não convém, é melhor optar pelas lisas.
Prefira sempre tom sobre tom para as lisas ou estampadas. Ou seja, utilize tons como o vinho, o lilás, outras nuances de rosa ou, no caso de gravatas estampadas, fundo escuro (se o terno é escuro) com as estampas nas cores citadas anteriormente.

Abaixo segue uma tabela com outras dicas sobre o que combina com o quê.

Gravata
Terno cor Preta Cinza Azul Bordô Verde Amarela
Preto OK OK OK OK OK OK
Cinza OK OK OK OK OK OK
Marinho OK OK OK OK OK OK
Marrom OK N N N OK OK
Verde OK OK OK N OK N
Havana OK N OK N OK OK
Gravata
Camisa Preta Cinza Azul Bordô Verde Amarela
Branca OK OK OK OK OK OK
Preta OK OK OK OK OK OK
Azul Royal OK OK OK OK OK OK
Azul Clara OK OK OK OK OK OK
Cinza OK OK OK OK OK OK
Verde OK OK N N OK N
Areia OK N OK OK OK N
Listras Lisas ou Monocromáticas
Xadrez Lisas ou Monocromáticas

 

A regra mais importante para combinar a camisa, o terno e a gravata está na escolha de qual das partes quer destacar no look. Para usar gravata listrada sobre camisa listrada você deve escolher qual delas terá estampa mais larga e chamativa, enquanto a outra deve ser o mais discreta possível.
O mesmo vale para combinações com xadrez ou em ternos com riscas mais grossas.
Mais algumas regrinhas que podem ajudar:
Camisas com listras finas – gravatas em padrões grandes.
Camisas com listras mais largas ou mais espaçadas – gravatas em padrões pequenos.
Terno risca de giz – camisa lisa – gravata com listras diagonais ou xadrez.
Camisa de listras – terno liso – gravata lisa, com listras diagonais ou xadrez.

Helios facebook 1203

por: Dr. Gravatas

Terno e Costume Sob Medida

Com um número reduzido de tamanhos oferecido nas lojas, fica difícil encontrar um que caia bem e não precise de ajustes.  Para evitar esses problemas, que tal um terno ou costume sob medida.  Que além de vestir muito bem, possibilita a customização.

Suas medidas em apenas 30 minutos. Nesse tempo veremos todos os detalhes para que se ajuste e valorize cada vez mais seu corpo.

Helios facebook 1202